Quero uns Stan Smith

A gravata não é preciso. O meu quadril largo não permite que este tipo de calça me assente como deve ser.

Este é um dos passatempos de mulheres, também de alguns homens, mas é pelo menos um dos meus. Ver roupa, chorar por dentro quando a roupa mesmo a calhar e bonita não nos assenta que é uma beleza. São dramas. Ontem vivenciei um drama com o qual muitos homens devem deparar-se ao sábado de manhã, que é todos os sítios para lavar o carro (elefantes azuis e coisas que tal) estavam cheios de homens de família a lavar os respectivos carros, uns à espera, outros a bufar, tudo para lavar o carro. Achei fofo. Ver roupa que não nos fica a matar é o mesmo passatempo.

Há mais coisas que distinguem enormemente os hábitos e costumes das mulheres e dos homens. O mesmo acontece com os direitos, infelizmente com um claro prejuízo para as mulheres e bastante mais grave, mas que, de certa forma, parece estar enraizado na sociedade em que vivemos. E é neste ponto, só neste ponto, que deveremos lembrar e comemorar hoje o dia da Mulher. Nos outros 364 dias do ano, deveremos lembrar e acima de tudo defender os direitos das Mulheres.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s